Artigos


05/05/2013
2013 - GASTRONOMIA ÁRABE - TÂMARA AUXILIA NO TRATAMENTO DE ESQUIZOFRENIA, ALZEIHMER E OUTRAS DOENÇAS
Dr. Ericson Ibrahim Khalil


GASTRONOMIA ÁRABE

Considerada uma opção muito energética, a Tâmara possui alto conteúdo de hidratos de carbono simples e complexos nela presentes. É rica em ferro, potássio, cobre, magnésio e cálcio. Possui açúcares complexos, que são metabolizados pelo organismo de forma demorada. A Tâmara é um fruto  de cor avermelhada, polpa fibrosa e sabor agridoce. Conta-se uma lenda que um beduíno resiste três dias de marcha com uma única tâmara: "No primeiro dia come a pele, no segundo dia o fruto e no terceiro o caroço".

A Tamareira é considerada uma árvore sagrada e mágica há milhares de anos nas regiões onde são cultivadas. Simbolizam a união entre o céu e a terra. Sua presença junto às casas é sinal de hospitalidade. É a palmeira que inspirou as colunas dos templos, o pilar do céu, segundo afirma a palavra grega "phoenix ". Em muitas mesquitas, as colunas lembram a forma das palmeiras. E nas paisagens mais áridas, o doce do seu fruto evoca o paraíso.

Os países asiáticos e africanos, principalmente Egito, República Islâmica do Irã, Arábia Saudita, Iraque, Paquistão, Índia Bangladesh e países vizinhos, produzem, juntos, aproximadamente 98% das Tâmaras do mundo. Estados Unidos, Espanha e México produzem o restante. Para muitos destes países, é a principal fonte de divisas e sua exploração interessa aos diversos setores da economia, principalmente ao da alimentação. Egito, Arábia Saudita e Iraque estão entre os grandes exportadores da fruta.

O Brasil não produz Tâmaras mas é um grande importador deste produto. Entretanto, a tamareira foi introduzida por aqui há muitos anos (o primeiro registro data de 1928, em São Paulo), mas não foram feitos estudos sistemáticos de sua cultura. No Nordeste, a tamareira foi introduzida em projetos públicos de irrigação, mas muito poucas informações sobre a cultura foram coletadas, embora se saiba que foi nessa região que as plantas apresentaram resultados mais promissores.

Estudos da Universidade Université Libanaise apontam que as Tâmaras são ricas em fibras, as Tâmaras são uma excelente fonte de potássio, ferro e cálcio, e contém, pequenas quantidades de vitamina A, B1 e B2 que variam de 0,05 a 0,06mg/100g da polpa. Possui, ainda, uma substancial quantidade de ácido nicotínico (vitamina B3), necessário para a circulação adequada e pele saudável, ajudando no funcionamento do sistema nervoso, no metabolismo de carboidratos, lipídeos e proteínas e na produção de ácido clorídrico para o sistema digestivo.

Também, reduz o colesterol e melhora a circulação, além de ser eficaz no tratamento da Esquizofrenia, Mal de Alzheimer e outras Doenças.

Por conter triptofano, que estimula a formação de melatonina, quando ingeridas antes de dormir, podem contribuir para a regularização do sono e o combate à insônia.

Na gastronomia as Tâmaras possuem vários usos culinários, tanto para receitas salgadas quanto doces. Delas se fazem molhos, bolos e doces. O suco serve como condimento para sopas e saladas. Comer Tâmara além de ser muito saboroso faz bem a saúde!
======================================
Faça seu comentário. Divulgue entre os amigos....



Comente este artigo Enviar este artigo por e-mail Imprimir este artigo Voltar para a página de artigos



Mais Artigos