Artigos


18/07/2012
2012 - DIETA DOS NUTRIENTES
JOEL FUHRMAN


Por Maria Fernanda Schardong

A promessa é velha, mas mesmo assim ainda faz sucesso e é um desejo absoluto entre a maioria das mulheres, sejam elas jovens ou mais maduras. O médico norte-americano Joel Fuhrman tem causado um verdadeiro frisson nos Estados Unidos com a simples teoria de que é possível emagrecer comendo de tudo. Em "Eat to Live" (ed. Little Brown, sem edição no Brasil), Fuhrman propõe uma alimentação que seja fiel à fome de verdade. No programa de "comer para viver" (tradução livre), você vai desejar apenas a quantidade de alimentos que seu corpo precisa, e nada mais, garante o médico.

Perder peso é sempre uma daquelas metas de fim de ano que todo mundo promete, mas pouca gente consegue cumprir, não é mesmo? E segundo o médico americano Joel Fuhrman toda essa dificuldade tem uma só explicação: alimentos de pouco valor nutritivo são viciantes. "A maior parte das dietas se concentra no corte de porções desses mesmos alimentos que causam dependência. Calóricos e com baixo teor de nutrientes, alimentos como sorvete, bolo, alimentos processados, batatas fritas, etc, ativam vias de prazer no cérebro similares às drogas que causam dependência e produzem sintomas de abstinência, e que muitas vezes são interpretados erroneamente como fome, levando ao vício de comer cada vez mais ", explica.

A proposta da dieta dos nutrientes é um tanto quanto simples: muitos nutrientes e poucas calorias. "Alimentos ricos em nutrientes e com baixo teor calóricos contêm uma grande quantidade de fibras e ocupam mais espaço no estômago, promovendo uma maior saciedade e diminuindo o apetite. Além disso, a pessoa atende às necessidades de micronutrientes do seu corpo, ajudando a suprimir desejos de comida, que eu chamo de "fome tóxica", e o que leva às pessoas a consumirem mais calorias do que realmente precisam. Essa dieta permite comer de acordo com a fome de verdade, ao invés de comer para atenuar sintomas de abstinência ou simplesmente para satisfazer pequenos "vícios", afirma o médico.

À primeira vista, a dieta dos nutrientes pode parecer um pouco radical mesmo. Porém, Fuhrman alerta que um dos grandes benefícios de seu plano alimentar é justamente a eliminação de alimentos causadores de doenças graves, como o câncer, por exemplo. "Uma dieta rica em carnes e produtos lácteos cria um estresse tóxico sobre o organismo. Carnes cozidas em altas temperaturas produzem toxinas que podem causar até alterações cancerígenas no cólon, inclusive, carnes vermelhas e processas são consideradas uma causa provável do câncer de cólon, por exemplo. Carboidratos refinados como a farinha branca, arroz branco, açúcar, etc - são também altamente perigosos. Sua carga glicêmica alta provoca picos de glicose no sangue que aumentam o risco de diabetes, doenças cardíacas e cânceres", alerta.

Uma opção de vida saudável: é desta forma que a o médico americano quer que o seu plano alimentar seja reconhecido. Entretanto, vale alertar que toda mudança de hábitos deve ser orientada por um profissional capacitado. " Ao longo do tempo da dieta, ocorre uma mudança natural de paladar e de preferências. Há uma libertação da prisão que é o vício em comidas. É possível sim, comer o que quiser e o quanto quiser, basta fazer as escolhas certas. Meu objetivo é oferecer a melhor informação para aqueles que querem a melhor saúde. Se você melhorar a sua dieta, você vai rapidamente começar a melhorar sua saúde e sua qualidade de vida, não importa qual seja sua idade.
=====================================
Participe dos GRUPOS de REEDUCAÇÃO ALIMENTAR da educadora alimentar Rachel Barros. Inscreva-se no site : www.fatimahborges.com.br


Comente este artigo Enviar este artigo por e-mail Imprimir este artigo Voltar para a página de artigos



Mais Artigos